VOC TAMBM PODE TER FIBRA. CONTRATE: 51 3541.9100

Notícias Regionais
Paranhana On-line
20/07/2019 - Dia do Revendedor de Petrleo e Derivados [ + ]

O atendimento dos principais hospitais do Vale do Paranhana

12/09/2012 - 06:00

Recentemente, a reportagem do Portal TCA realizou uma pesquisa sobre os números de atendimentos nos três maiores hospitais do Vale do Paranhana, Hospital Bom Jesus, em Taquara, Hospital São Francisco de Assis, em Parobé, e Hospital Bom Pastor, em Igrejinha. Os dados coletados são referentes ao ano de 2011 e 2012 (até 31 de julho). Além do número de médicos em cada instituição.

Conforme a análise, o hospital que mais contabilizou atendimentos médicos até 31 de julho de 2012, foi o Hospital São Francisco de Assis, com uma média de 8,36 atendimentos por médico por dia. Já o que teve a menor margem foi o Hospital Bom Jesus, com 4,37 atendimentos por médico por dia. Em 2011, o Hospital Bom Pastor foi o que mais contabilizou acolhimentos. Veja abaixo o quadro com o levantamento dos atendimentos.

Cidades

Nº de médicos

2011

Nº de médicos 2012

Atendimento

2011

Atendimentos até julho

2012

Média de atendimento por médico 2011

Média de atendimento por médico 2012

Parobé

46

46

69.627

53.869

6, 30

8, 36

Igrejinha

28

32

51.781

31.985

7,70

7,13

Taquara

63

60

53.810

36.775

3,55

4,37

Fonte: Hospitais de Igrejinha, Parobé e Taquara.

Cidades

População (IBGE)

Atendimentos em 2012 até 31 de julho

Atendimentos em 2011

Percentual de atendimentos por população em 2011

Percentual de atendimentos por população em 2012

Parobé

51.502

53.869

69.627

135,19%

104, 59%

Igrejinha

31.660

31.985

51.781

163,55%

101,02%

Taquara

54.643

36.775

53.810

98,47%

67,30%

Fonte: Hospitais de Igrejinha, Parobé e Taquara.

Cidades

População (IBGE)

Relação

População/

Atendimentos/

1000 em 2011

Relação População/

Atendimentos/

1000 em 2012

Parobé

51.502

1,351

0,1045

Igrejinha

31.660

1,635

0,1010

Taquara

54.643

0,984

0,0673

 

Ao questionar os diretores das instituições, sobre os resultados obtidos, a diretora do Hospital São Francisco de Assis, Maria Celoí Maciel da Costa, alegou que o motivo da casa de saúde possuir um número tão superior de atendimentos em relação às outras, é por receber pacientes de cidades vizinhas, como Nova Hartz e Rolante, aumentando a demanda dos médicos e profissionais contabilizados para o município. "Nós não recebemos apenas moradores de Parobé, mas também pacientes de outros municípios, oque faz com que o hospital atenda um número maior do que o de habitantes do município", destaca a diretora.

Já o diretor do Hospital Bom Jesus, de Taquara, Ademar Soares, que aparece com o menor número de atendimentos por médico, informou que o número de atendimentos varia de acordo com a função e especialidade dos médicos e complexidade dos atendimentos. "Podemos exemplificar essa variação, diante de algumas áreas da saúde que são mais procuradas, evidentemente que os médicos especialistas não tenham uma demanda tão grande de atendimentos quanto os clínicos gerais", explica Soares.

A opinião da população

A reportagem TCA, abriu espaço para que a população contasse a sua história, ou opinião a respeito do estado do atendimento médico nos hospitais dos municípios, positiva ou negativamente. Confira:

Geison Dias, 19 anos, estilista e modelista de calçados, Parobé:

"Em minha opinião, o atendimento do hospital em Parobé é bastante precário, principalmente na questão dos horários dos médicos, que pelo certo teria que possuir atendimento 24 horas. Como nem sempre tem médicos à disposição da população, muitas pessoas acabam sendo transferidas para outros hospitais onde muitas vezes nem temos ambulâncias suficientes pra levar a todos."

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Canterle, 19 anos, estudante, Parobé:

"No meu ponto de vista a saúde em si no município está muito carente, não temos inclusive nos postos de saúde medicamentos básicos, e o atendimento é péssimo, fraco e demorado. A qualidade dos profissionais é questionável."

 

 

 

 

 

 

 

Franciele Schneider, 25 anos, calçadista, Parobé:

"O hospital não pode ser visto como um veículo de politicagem, pois na minha cidade ele está sendo isso. Acho que deveria ser destinadas mais verbas para o hospital pra que todos possam receber a mesma qualidade no atendimento."

 

 

 

 

 

 

Vanderlei da Rosa Porto, 49 anos, industriário, Taquara:

"Em minha opinião o nosso hospital está bastante carente, deveríamos ter mais médicos para atender a demanda, pois nosso município é muito grande e não da conta de atender todos os pacientes com a qualidade que deveriam. O melhoramento no salário seria uma forma de incentivar os profissionais e através disso quem sabe reparar o atendimento."

 

 

 

 

 

Ângela da Silva, 47 anos, doméstica, Taquara:

"Eu penso que o atendimento do Hospital Bom Pastor está péssimo, a maneira como é feita os agendamentos não funciona, pois como saberemos quando nós ou nossos filhos vão ficar doentes. Além disso os postos de saúde contam com poucos médicos para atender uma demanda tão grande de pacientes."

 

 

 

 

 

 

PARANHANA ON-LINE

Compartilhe esta notcia

Compartilhar


Últimas Notícias
Página 1 de 7173
Comentários
> Os comentrios aqui apresentados so de responsabilidade exclusiva de seus autores.
  • Cntia R. de Lima
    Professora
    No ano de 2011 recebi um grande presente, minha segunda filha, e fui muito bem atendida no Hospital Bom Pastor. Parabns toda a equipe pelo excelente atendimento e carinho que tem com os pacientes.
    12/09/2012 21:48, Riozinho
Página 1 de 1
A TCA entrega os servios de comunicao com a qualidade e confiana que a Piccadilly Company precisa para o seu negcio.
Felipe Matte
Gestor de TI da Piccadilly
Na TCA encontramos a segurana e a velocidade necessria para o andamento da nossa empresa, a busca constante pela perfeio um diferencial muito atrativo.
Fabricio Comassetto
Diretor da FH Comassetto
Identificamos na TCA uma empresa comprometida com resultado e excelncia naquilo que faz.
Ivair Kautzmann
Gerente de TI da Via Marte
1988 - 2016 TCA Informtica. Todos os direitos reservados.
Taquara - RS: Rua Ernesto Alves, 2797 - Jardim do Prado
+55 51 35419100 - Suporte: (51) 3541.9191 - Planto: (51) 8422.5900
Seu IP: 54.242.193.41