VOCÊ TAMBÉM PODE TER FIBRA. CONTRATE: 51 3541.9100

Notícias Regionais
Paranhana On-line
23/08/2019 - Dia da Injustiça

Retrospectiva 2010: um ano trágico no trânsito do Vale do Paranhana

29/12/2010 - 15:22

O ano de 2010 entra para a história como um dos mais violentos no trânsito da região. O cada vez maior número de carros que circulam pelas ruas, dá margem para uma série de imprudências, que certamente acabam virando acidentes. Alguns deles marcaram a região para sempre.

> Filho de ex-prefeito de Três Coroas morre em acidente
O feriadão de Carnaval de 2010 começou com uma tragédia no trânsito. Um grave acidente no quilômetro 45 da ERS-020, às 5h10min do dia 12 de fevereiro, acabou matando duas pessoas. O automóvel Astra, placas IQK-8663, que estava no sentido Taquara-Porto Alegre, perdeu o controle de direção e bateu fortemente contra uma árvore. A Polícia levantou a suspeita de alta velocidade.

Morreram no local Huberto Schmitt Muller, 22 anos, e Paulo Elias Alves, 33 anos. Os corpos deles chegaram a ficar presos nas ferragens do carro, que incendiou após bater contra a árvore. Huberto era filho do empresário Ricardo Schmitt Muller, proprietário da Calçados Miucha e ex-prefeito de Três Coroas. Sua morte ficará para sempre na memória dos três-coroenses e da região. Após o acidente, foi criada em Três Coroas a Fundação Huberto Schmitt Muller, que já está promovendo uma série de atividades voltadas à educação e cultura na região.

Huberto ao lado da apresentadora Luciana Gimenez, em campanha da Miucha.

> Uma família taquarense dizimada no trânsito
A viagem a Porto Alegre para uma cirurgia em um hospital da Capital acabou em uma tragédia para uma família de taquarenses, moradores do bairro Empresa. O acidente na ERS-020, em Gravataí, comoveu a comunidade do bairro pelo saldo trágico: cinco pessoas mortas. Residentes na Rua Brasília, a família era conhecida no bairro. O motorista do carro envolvido na colisão, IvoTelmo Ramos, 48 anos, também conhecido em Taquara, pois era funcionário do setor de iluminação da Prefeitura. Ele atuava no Executivo desde 1993.
O acidente aconteceu no dia 8 de junho, no quilômetro 14 da rodovia, próximo a Morungava. A família viajava com o carro do marido da filha de Ivo, Carla Simone Ramos. Além de Ivo, morreram no acidente a sua esposa, Fátima Angélica Linhares Soares, 38 anos; o filho de Fátima, Victor Casaboni Soares, 16 anos; e o bebê filho do casal, João Guilherme Soares, de 1 ano e 4 meses. Outra vítima do acidente foi Carlos Miguel Baraci Soares, morador de Rio Pardo e pai de Fátima. A família estava indo a Capital justamente para uma cirurgia de hérnia do bebê, a ser realizada no Hospital Ernesto Dornelles.

Moradores do bairro há 12 anos, a família conta que Ivo era prudente na direção. Eles saíram por volta de pouco antes das 6 horas para viajar a Porto Alegre, com base em uma cirurgia já marcada anteriormente na casa de saúde porto-alegrense. Carlos Miguel Soares estava em Taquara porque havia vindo de Rio Pardo participar do velório de um irmão, falecido no município. Diante da tragédia, a vice-prefeita Michelle Sápiras decretou luto oficial de três dias no município.


Victor e o bebê

Fátima

Ivo e o bebê

Carlos Soares

> Criança morre atropelada por ambulância
Um acidente de trânsito ocorrido ao meio-dia do último dia 10 de novembro causou comoção em Fazenda Fialho, interior de Taquara. Uma criança de oito anos morreu após ser atingida por uma ambulância da Prefeitura de Taquara. O estudante David Welington Duarte Gunstschnig (foto) estaria tentando atravessar a ERS-020, na altura da parada 112, quando foi atingido pelo veículo da Prefeitura, que trafegava no sentido Porto-Alegre-Taquara. David morreu na hora.

Segundo as informações, a criança teria ficado brincando em um barranco próximo da rodovia após descer do ônibus escolar. Estudante da Escola Municipal Luis Boes, David estaria acompanhado de colegas. Com a chegada de outro ônibus, o garoto teria tentado atravessar a rodovia por trás do veículo, quando acabou sendo atingido pela ambulância, conduzida por Enio Luis Borba, 53 anos, motorista da Prefeitura há 23 anos, sendo 13 na condução de ambulâncias. Informações de populares dão conta que a ambulância trafegava em velocidade normal.

Com o acidente, o menino acabou morrendo na hora. Ele é filho de Rudimar Gunstschnig e Gislaine Duarte e morava na Rua Júlio Vitorino da Silva, na própria localidade de Fazenda Fialho. O procurador Fernando Luz Lehnen informou ao Paranhana On-line que toda a estrutura do Executivo foi colocada à disposição da família. Segundo Lehnen, todas as provas do acidente serão coletadas por meio de um processo de sindicância. A ambulância transportava dois pacientes que voltavam de consultas em Porto Alegre. Eles não sofreram nenhum tipo de ferimento.

Criança foi atingida por ambulância.

 

PARANHANA ON-LINE

Compartilhe esta notícia

Compartilhar


Últimas Notícias
Página 1 de 7173
Comentários
> Os comentários aqui apresentados são de responsabilidade exclusiva de seus autores.
“A TCA entrega os serviços de comunicação com a qualidade e confiança que a Piccadilly Company precisa para o seu negócio.”
Felipe Matte
Gestor de TI da Piccadilly
“Na TCA encontramos a segurança e a velocidade necessária para o andamento da nossa empresa, a busca constante pela perfeição é um diferencial muito atrativo.”
Fabricio Comassetto
Diretor da FH Comassetto
“Identificamos na TCA uma empresa comprometida com resultado e excelência naquilo que faz.”
Ivair Kautzmann
Gerente de TI da Via Marte
© 1988 - 2016 TCA Informática. Todos os direitos reservados.
Taquara - RS: Rua Ernesto Alves, 2797 - Jardim do Prado
+55 51 35419100 - Suporte: (51) 3541.9191 - Plantão: (51) 8422.5900
Seu IP: 3.227.233.6